Nossa proposta

O domínio de uma segunda língua passou a ser quase pré-requisito para um projeto de vida profissional mais amplo. Porém, na Educação Infantil e Ensino Fundamental I, o contato natural com uma língua estrangeira, significa a ampliação das possibilidades de  desenvolvimento para habilidades e competências oral e escrita, sociais e culturais, tais como:

  • Maior capacidade de concentração e organização;​
  • Melhor desenvolvimento de habilidades cognitivas relacionadas à escrita, à fala e à leitura;
  • Sociabilidade;
  • Conhecimento da cultura inglesa e norte-americana;
  • Respeito à diversidade cultural;
  • Domínio de pelo menos uma língua estrangeira;

Metodologia

Através do uso jogos, músicas, rodas de leitura, fantoches, sites, filmes e livros, contando com profissional especializado, inserimos nossos alunos em situações de aprendizagem que ajudam no aprendizado real do conteúdo a partir da imersão no segundo idioma.

Assim, de maneira muito natural, em um ambiente lúdico e cuidadosamente preparado, eles brincam e se divertem descobrindo como é possível, por exemplo, aprender duas formas diferentes de nomear o mesmo objeto, considerando a cultura de outro país, de outros povos.

Papel da família

Diálogos é uma ótima oportunidade para a criança dar continuidade ao aprendizado e à prática do novo idioma. Porém, a interação deve ser natural! Exigir da criança que a comunicação seja somente na língua estrangeira, é andar no caminho inverso aos objetivos da Educação Bilíngue, ou seja, a comunicação competente na segunda língua. Quando a criança se sentir à vontade, ele próprio iniciará a conversa.

Criar o hábito de assistir a programas de televisão, filmes, séries e desenhos infantis de outros países, sem dublagem, também é considerado um exercício eficaz, além de divertido.