Projeto DIVERLINGUAGEM

O desenvolvimento do saber lingüístico implica leitura compreensiva e crítica de textos diversos; produção escrita em linguagem padrão; análise e manipulação da organização estrutural da língua e percepção das diferentes linguagens (literária, visual, etc.) como formas de compreensão do mundo.

Quarta competência proposta pela BNCC, a Comunicação propõe-se utilizar as linguagens verbal, verbo-visual, corporal, multimodal, artística, matemática, científica, tecnológica e digital. Tudo isso para desenvolver no aluno a capacidade de expressar-se, partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo.

Desta forma, com o objetivo de preparar o aluno para lidar com a linguagem em suas diversas situações de uso e manifestações, inclusive a estética, o Vitória-Régia traz novamente para 2018, o projeto de estímulo para leitura, escrita e interpretação. Confira algumas ações programadas:

  1. Rodas de leituras;
  2. Hora do Conto;
  3. Oficinas de Interpretação/Gramática e Produção textual;
  4. Oficinas de Coesão e Coerência para alunos;
  5. Aulas extracurriculares de monitoria em Redação e Língua Portuguesa (final do trimestre);
  6. Concurso Escritor Nota 10 – Aguarde!
  7. Projetos Gente Falante (Ed. Infantil e 1º ano), Caixa Mágica (EFI), Mosaico Literário (EFII), Centopéia (6º ano) e Diverlinguagem (Ensino Médio);
  8. Eventos de estímulo a leitura e escrita;
  9. Bate-papo com os autores;
  10. Parceria Academia de Letras – Secção Bahia – Saraus e Café Literário, Científico e Filosófico.
  11. Projeto Biblioteca Ativa “Ler Mais VR” – Atividades em parceria com a família e comunidade – Aguarde!;
  12. Dentre outras.